Merkel enfatiza liberdade artística em reação à queixa de líder turco contra comediante

terça-feira, 12 de abril de 2016 11:35 BRT
 

BERLIM (Reuters) - A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, disse nesta terça-feira que seu país quer encontrar uma solução para a crise imigratória que assola a Europa, mas que isso não tem relação com a liberdade artística, uma reação à apresentação de uma queixa do líder da Turquia contra um comediante que o insultou com um poema satírico.

"Quero enfatizar novamente o que foi enfatizado ontem --temos os valores fundamentais na Constituição e isso inclui o Artigo 5, que é a liberdade de opinião, liberdade da ciência e, claro, a liberdade artística", disse ela quando indagada sobre a queixa que o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, apresentou contra o comediante alemão Jan Boehmermann.

"A arte e estes valores fundamentais são válidos independentemente de quaisquer problemas políticos que discutamos um com o outro, e isso inclui a questão dos refugiados, e acho que a Turquia e a União Europeia, e também a Alemanha, têm interesse em encontrar uma solução política para ela", acrescentou.

Merkel liderou os esforços da UE para assegurar a ajuda turca no tratamento da crise imigratória europeia, por isso o caso Boehmermann chega em um momento delicado para a líder alemã.

(Por Michelle Martin)

 
Chanceler da Alemanha, Angela Merkel.     12/04/2016         REUTERS/Hannibal Hanschke