Enormes dinossauros de pescoço comprido tinham bebês grandes e precoces

quinta-feira, 21 de abril de 2016 20:56 BRT
 

WASHINGTON (Reuters) - Os bebês de um enorme dinossauro, de pescoço comprido chamado Rapetosaurus, que viveu na ilha de Madagascar não apenas se acomodavam no ninho e pareciam bonitos. Eles nasceram prontos para a ação.

Cientistas anunciaram nesta quinta-feira a descoberta de fósseis de um bebê Rapetosaurus do tamanho de um cachorro grande que aparentemente morreram de fome durante uma seca várias semanas após saírem de seu ovo do tamanho de uma bola de futebol.

Ao contrário de muitos animais quando bebês, particularmente seres humanos, o filhote Rapetosaurus tinha proporções de adultos, o que significa que provavelmente não precisava de apoio significativo dos pais e foi em busca de alimento nas plantas em vez de esperar a mãe para alimentá-lo.

Tais bebês são conhecidos como "precocial", em oposição à prole "altricial" que têm diferentes dimensões do corpo de adultos, não pode dar a volta por si e exigem o apoio considerável dos pais para comida e proteção, disse o paleontólogo do Macalester College Kristi Curry Rogers.

"A principal conclusão foi que esta é a primeira evidência de um dinossauro verdadeiramente precocial: um que amadureceu rapidamente e sem cuidado parental", acrescentou o paleontólogo da Universidade Adelphi Michael D'Emic.

(Por Will Dunham)