25 de Abril de 2016 / às 14:17 / um ano atrás

George Clooney entrega novo prêmio humanitário para fundadora de orfanato em Burundi

Ativista Marguerite Barankitse durante evento em Paris. 22/11/2012Charles Platiau

LONDRES (Thomson Reuters Foundation) - Uma ativista de Burundi apontada como responsável pelo salvamento de milhares de crianças durante uma guerra civil de 12 anos de duração foi a primeira pessoa a receber um novo prêmio humanitário, entregue pelo ator George Clooney.

Marguerite Barankitse, ex-professora, fundou em 1993 o orfanato Maison Shalom (a casa da paz) em Burundi para receber um crescente número de crianças órfãs durante o conflito que devastou o país até 2005.

O prêmio foi entregue à medida que o pequeno país da África central enfrenta sua pior crise desde o fim da guerra civil.

"Nossos valores são valores humanos", disse Marguerite em comunicado após receber o prêmio de Clooney, vice-diretor do comitê de seleção do prêmio, em Yerevan, capital da Armênia.

"Quando você possui compaixão, dignidade e amor, nada pode te assustar, nada pode te parar --ninguém deve deixar de amar. Nem exércitos, nem ódio, nem perseguição, nem fome, nada".

Centenas de milhares de pessoas fugiram do conflito em Burundi, no qual 300 mil foram mortas.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below