Rolling Stones pedem que Trump pare de usar suas músicas em campanha

quarta-feira, 4 de maio de 2016 19:19 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - A banda Rolling Stones pediu nesta quarta-feira ao provável candidato presidencial republicano, Donald Trump, para parar de usar a música deles em sua campanha, após artistas como Adele e R.E.M. terem feito o mesmo pedido.

"Os Rolling Stones nunca deram permissão para a campanha Trump usar suas músicas e solicitaram que encerrem o uso imediatamente", disse o porta-voz da banda em um comunicado.

Um representante da campanha de Trump não respondeu a um pedido de comentário.

Antes de um comício em Carmel, Indiana, na terça-feira, a campanha de Trump tocou a música de 1969 dos Rolling Stones "You Can't Always Get What You Want" pelo menos quatro vezes.

Além de músicas pop e rock, a campanha Trump também utiliza musicais da Broadway e ópera antes dos comícios.

(Reportagem de Piya Sinha-Roy em Los Angeles e Ginger Gibson em Washington)

 
Integrantes dos Rolling Stones chegam para evento em Londres.  4/4/2016. REUTERS/Luke MacGregor