Coleção de pertences de Marilyn Monroe irá a leilão em novembro

terça-feira, 10 de maio de 2016 12:08 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - Uma coleção de objetos pessoais da atriz Marilyn Monroe, incluindo notas manuscritas e joias, será colocada à venda em novembro pela casa de leilões Julien's Auctions.

Marilyn, um dos maiores ícones da era de ouro de Hollywood, deixou diversos pertences para aquele que foi seu mentor como atriz, Lee Strasberg, em seu testamento. Mais de 500 lotes de objetos da estrela serão leiloados em Los Angeles nos dias 19 e 20 de novembro, e a expectativa é que rendam entre 2 e 4 milhões de dólares.

A Julien's Auctions disse que os itens jamais foram leiloados e que estão sendo oferecidos pelo espólio de Strasberg, que treinou estrelas como James Dean, Al Pacino, Jack Nicholson e Jane Fonda. Ele morreu em 1982.

"Marilyn foi uma figura complexa e encantadora enquanto viveu, e deixou gerações de fãs ardorosos especulando, inferindo e debatendo sobre sua vida", disse a esposa de Strasberg, Anna, em comunicado.

Muitos dos itens foram preservados exatamente como estavam quando Marilyn faleceu de uma overdose de remédios em 1962, aos 36 anos de idade.

Uma pequena bolsa de mão está sendo vendida com duas moedas de 10 centavos, oito cigarros Philip Morris e um batom Revlon usado de cor "Bachelor's Carnation", um tom de azul vibrante, e deve ser vendida por algo entre 15 e 20 mil dólares.

"É uma peça realmente bonita e é como uma dobra temporal que nos leva de volta aos anos 1940, quando Marilyn começava a ficar famosa", disse Martin Nolan, diretor-executivo da Julien's Auctions.

 
Homem olhando estátua de cera de Marilyn Monroe em museu em Seul.   30/07/2015    REUTERS/Kim Hong-Ji