Woody Allen abre 69ª edição de Cannes e se diz indiferente a competição

quarta-feira, 11 de maio de 2016 16:04 BRT
 

Por Julien Pretot

CANNES, França (Reuters) - Escolher os vencedores pode sintetizar a razão de ser do júri do Festival Internacional de Cinema de Cannes, mas deixa Woody Allen tão indiferente que ele sempre se recusou a inscrever seus filmes para a mostra competitiva do prestigiado evento anual.

O veterano diretor e ator norte-americano abre o festival pela terceira vez nesta quarta-feira com seu 'Café Society', mas mais uma vez sua obra mais recente não fará parte da competição principal, cujo júri é presidido este ano pelo diretor australiano George Miller.

"Um grupo se juntar e julgar o trabalho de outras pessoas é algo que eu jamais faria", disse Allen em uma coletiva de imprensa nesta quarta-feira.

"É... algo em que não acredito, por isso não quero participar disso."

Mas Miller e seus colegas – entre eles a atriz norte-americana Kirsten Dunst, o ator dinamarquês Mads Mikkelsen, a atriz e cantora francesa Vanessa Paradis e o diretor húngaro Laszlo Nemes, vencedor da Palma de Ouro do ano passado – irão julgar 21 filmes.

"Você poderia questionar como se avalia estes filmes, mas isso com certeza é equilibrado pelo simples prazer de estar aqui assistindo filmes que são novos, assistindo-os com consideração e depois conversando", opinou Miller.

"Todos nós encaramos a tarefa com humildade. O maior obstáculo é que trazemos qualidades diferentes, temos uma abordagem diferente – alguns (são) cineastas, diretores, atores, então a tarefa é tentar esquecer isso e voltar a ser uma plateia", disse Mikkelsen.

Para Kirsten, a competição é simplesmente vital para o cinema em geral.

"Sem festivais de cinema como este não veríamos filmes, e eles não ficariam famosos como 'Filho de Saul' (de Nemes)", afirmou ela. "Precisamos destes festivais para divulgar cineastas... sem isso estaríamos só em filmes arrasa-quarteirão o tempo todo."

 
Diretor Woody Allen concede entrevista em Cannes.  11/5/2016. REUTERS/Yves Herman