Obra de Rembrandt encontrada em porão dos EUA é exposta em museu

quarta-feira, 11 de maio de 2016 20:46 BRT
 

Por Barbara Goldberg

NOVA YORK (Reuters) - Uma pintura que definhava num porão em Nova Jersey e que acabou se revelando uma das primeiras obras do mestre holandês Rembrandt foi colocada em exposição nesta quarta-feira no Museu J. Paul Getty na Califórnia, nos Estados Unidos, como peça chave de uma mostra sobre o artista do século 17.

"The Unconscious Patient (An Allegory of the Sense of Smell)" – O Paciente Inconsciente (Uma Alegoria do Sentido do Olfato), em tradução livre – mostra dois homens passando um pano pelo nariz de um terceiro que está desmaiando, pintura datada de 1624, disse o museu em comunicado.

O trabalho, de 22 cm por 18 cm, é um dos cinco sobre sentidos que Rembrandt pintou quando adolescente. Ele será exibido com dois outros, audição e tato, desta quarta até 28 de agosto, quando a exposição iniciará um giro internacional.

A jornada da pintura de um porão de Nova Jersey até os altos escalões do mundo da arte começou em julho, quando os filhos que limpavam a casa da sua família depois da morte dos pais contataram John Nye, dono de uma casa de leilão.

"A pintura era extraordinariamente banal”, disse Nye. “Parecia um retrato escuro e descolorido de três pessoas, uma das quais estava desmaiada.”