Pessoa mais velha do mundo morre em Nova York aos 116 anos

sexta-feira, 13 de maio de 2016 10:52 BRT
 

Por Brendan O'Brien

(Reuters) - A pessoa mais velha do mundo, Susannah Mushatt Jones, morreu na cidade de Nova York aos 116 anos de idade na quinta-feira, informou uma entidade de pesquisa.

A morte de Susannah faz de Emma Morano-Martinuzzi, que mora na Itália e também tem 116 anos, a nova pessoa mais velha do planeta, de acordo com o Grupo de Pesquisa de Gerontologia.

Susannah, que nasceu no Estado norte-americano do Alabama em 1899, era filha de agricultores e neta de escravos.

Depois de se formar no ensino secundário, ela se mudou em 1922 para Nova Jersey e depois para Nova York, onde trabalhou como empregada doméstica e cuidadora de crianças, segundo o Livro Guinness de Recordes e o Vandalia Senior Center do Brooklyn, bairro de Nova York onde ela morava.

Aposentada em 1965, Susannah dizia que dormir bastante era o segredo de sua longevidade e que nunca fumou nem bebeu álcool.

A pessoa comprovadamente mais velha da história foi a francesa Jeanne Calment, que faleceu em 1997 com 122 anos e 164 dias, disse o grupo de pesquisa.

 
Pessoa mais velha do mundo, Susannah Mushatt Jones, em Nova York.     07/07/2015        REUTERS/Lucas Jackson