Renan pede a Temer recriação do Ministério da Cultura

quarta-feira, 18 de maio de 2016 14:41 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente do Congresso, Renan Calheiros (PMDB-AL), pediu ao presidente interino da República, Michel Temer, que considere a recriação do Ministério da Cultura, transformado em secretaria como parte da reforma administrativa do novo governo que reduziu o número de pastas na Esplanada.

Em conversa com Temer no início da noite da terça-feira, Renan teria se comprometido com a condução da proposta, que seria incluída por meio de emenda em medida provisória editada pelo novo governo que trata da reforma administrativa.

“Ele ficou de pensar”, disse a jornalistas o presidente do Congresso, que aguarda uma posição de Temer sobre a definição de eventual recriação do ministério. “Eu acho que o Ministério da Cultura é muito relevante para ser reduzido a uma questão contábil, orçamentária”.

A reforma administrativa foi tocada pela recém-iniciada gestão interina para reduzir gastos, enxugar a máquina pública e sinalizar que o novo governo está cortando na própria carne.

Mas setores ligados a pastas que foram reduzidas ou transformadas em secretarias -caso da Cultura e de ministérios responsáveis por políticas para mulheres, questões raciais e de direitos humanos– têm reagido com críticas e protestos desde então.

Como parte da reforma, o Ministério da Cultura foi incorporado ao Ministério da Educação, tendo Mendonça Filho como ministro.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)