Diretor dinamarquês mira nos adolescentes com filme de terror canibal

sábado, 21 de maio de 2016 15:50 BRT
 

Por Julien Pretot

CANNES (Reuters) - Alguns críticos se levantaram e vaiaram o filme de terror canibal "The Neon Demon" durante sua exibição no Festival de Cannes esta semana, porém, o diretor dinamarquês Winding Refn disse que esse não era seu público-alvo.

O diretor de 45 anos de idade, conhecido por seu sucesso de 2011 "Drive", disse que havia feito um filme para adolescentes, que não pertence ao mundo adulto do bom gosto e moralidade.

"Os adolescentes amam gráficos, amam contra-cultura... eles amam o anti-estabelecimento e eu fiz um filme sobre uma menina de 16 anos de idade, que provavelmente sabe mais sobre o que um adolescente quer do que você e eu", disse ele à Reuters neste sábado.

O filme conta a história de uma aspirante a modelo Jesse, interpretada pela atriz adolescente Elle Fanning, que chega a Los Angeles, onde rapidamente se torna musa dos estilistas, objeto de desejo e preciosa.

As cenas de necrofilia lésbica, sangue e canibalismo ganharam indignação e as manchetes, auxiliadas pela participação do astro de Hollywood Keanu Reeves como Hank, o proprietário de um motel.