Cantora Christina Grimmie, ex-The Voice, morre após ser baleada na Flórida

sábado, 11 de junho de 2016 12:32 BRT
 

Por Brendan O'Brien

(Reuters) - A cantora Christina Grimmie, uma estrela da música em ascensão que ganhou fama como sensação do YouTube e participante do programa de TV The Voice, foi morta a tiros enquanto dava autógrafos para os fãs após um show em Orlando, informou a polícia neste sábado.

Grimmie, 22 anos, estava cumprimentando os fãs, juntamente com os membros da banda Before You Exit, após uma apresentação na sexta-feira na casa de shows Plaza Live, quando um homem armado se aproximou e abriu fogo pouco antes de 22h30, segundo informações da polícia.

O Departamento de Polícia de Orlando informou que nem o suspeito nem o motivo do crime são conhecidos. Segundo a polícia, o homem se matou com um tiro no local, depois que o irmão de Grimmie, Mark, investiu contra ele, evitando que outras pessoas fossem atingidas.

A cantora foi levada para um hospital local em estado crítico e morreu por causa dos ferimentos na manhã deste sábado.

"Christina era uma jovem artista talentosa, e sabemos que seus fãs e apoiadores querem tanta informação quanto for possível", disse o comunicado da polícia.

"Vamos continuar a atualizar as informações conforme a investigação se desenvolva."

Natural de New Jersey, Grimmie chamou a atenção pela primeira vez há vários anos em seus vídeos no YouTube com covers de músicas pop.

Em 2014, ela ficou em terceiro lugar no The Voice, uma competição de cantores da rede de TV NBC, com o vocalista do Maroon 5, Adam Levine, como seu treinador.

Os fãs prestaram homenagens à cantora nas mídias sociais usando a hashtag #RIPChristina.

"Não há palavras", declarou o programa The Voice em um post no Twitter, na madrugada deste sábado. "Perdemos uma bela alma com uma voz incrível."