12 de Julho de 2016 / às 23:42 / um ano atrás

Tripulação da Enterprise retorna em ‘Star Trek: Sem Fronteiras’ para novas aventuras espaciais

Zachary Quinto, que está no novo filme de "Star Trek". 13/8/2015.Andrew Kelly

LONDRES (Reuters) - A tripulação da USS Enterprise está de volta para mais aventuras espaciais em “Star Trek: Sem Fronteiras”, a mais recente produção da refilmagem da popular série de ficção científica que completa neste ano o seu 50° aniversário.

A série de TV, que lançou personagens como o capitão James Kirk e o meio-humano, meio-vulcano Spock, narrava as missões da tripulação e tem resultado em filmes e outras séries desde a sua estreia em 1966.

Em “Sem Fronteiras”, Chris Pine e Zachary Quinto voltam como os jovens Kirk e Spock, juntos com Simon Pegg como Scotty e John Cho como Hikaru Sulu, e desta vez eles enfrentam um novo inimigo ao pararem num planeta hostil.

"O filme tem definitivamente uma onda retrô”, afirmou Quinto na première nesta terça-feira em Londres. “É bem marcante para algo como isso durar meio século, e nós estamos realmente orgulhosos de sermos parte disso nesse marco significativo e festivo.”

Quinto estava na companhia dos seus colegas de filme, incluindo Pegg, que também contribuiu com o roteiro.

A produção chegou às manchetes antes do seu lançamento depois de Cho ter dito que Sulu é abertamente gay e casado no novo episódio. O ator George Takei, que interpretou o personagem na série original e é gay na vida real, disse que estava “feliz” pelo fato de o filme ter incluído um personagem gay, mas que a nova versão de Sulu não refletia a visão original de Gene Roddenberry, criador da série já morto.

"Eu tinha falado com Takei e sabia que isso estava por vir. Eu espero, se ele assistir ao filme e ver a maneira como isso está sendo tratado, que talvez ele veja alguns dos aspectos positivos”, declarou Cho.

"Talvez ele aceite isso e perceba que talvez os jovens vejam isso, jovens gays, pessoas LBGT não assumidas, e se sintam encorajados por isso.”

No mês passado, o ator de “Star Trek: Sem Fronteiras” Anton Yelchin foi morto num acidente com o seu carro, e o elenco e a equipe têm o homenageado.

O novo filme é o terceiro no recente relançamento da série e vem na sequência de “Star Trek”, de 2009, e “Além da Escuridão: Star Trek”, de 2013.

Perguntado se ele embarcaria em outros, Pine disse: “Sim, claro, se este se sair bem e eles optarem por fazer mais um. Se os meus amigos estiverem de volta, eu estarei de volta.”

Reportagem de Sara Hemrajani; reportagem adicional de Marie-Louise Gumuchian

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below