Edward Snowden fala sobre estreia de filme de Oliver Stone que dramatiza sua vida

sexta-feira, 22 de julho de 2016 16:19 BRT
 

Por Piya Sinha-Roy

SAN DIEGO (Reuters) - Quando o ex-prestador de serviços da Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos (NSA) e mais tarde delator Edward Snowden se encontrou com o diretor premiado Oliver Stone para discutir um filme sobre sua vida, jamais imaginou que faria sua própria estreia no cinema.

Inicialmente Stone, vencedor de um Oscar, entrevistou Snowden para incluí-lo nos extras de um DVD, contou Snowden por videoconferência no final da quinta-feira em San Diego após a exibição de "Snowden", que tem Joseph Gordon-Levitt no papel-título e foi dirigido por Stone.

    Mas Snowden e o cineasta acabaram filmando nove tomadas de uma cena na qual ele fala sobre os temores decorrentes de suas ações.

"Falei longamente só sobre valores pessoais e sobre o significado disso para mim com todas as coisas que estavam acontecendo desde 2013", contou Snowden. "Acho que ele gostou disso. As pessoas parecem reagir a isso."

    O filme, que deve estrear em setembro, acompanha os eventos daquele ano que levaram Snowden a expor os programas de vigilância em massa do governo dos EUA e fugir do país depois que Washington o processou por espionagem.  

    Ele recebeu asilo na Rússia no final de 2013, e é ali que vive desde então com sua namorada, Lindsay Mills.

    "Quando há o suficiente nos registros públicos, realmente não depende de você decidir se o filme vai ser feito ou não", disse Snowden.

    A produção acompanha a descoberta de Snowden a respeito dos programas que monitoram digitalmente os cidadãos sem seu conhecimento.   Continuação...

 
Snowden fala por videolink de Moscou. 24/9/2015.  REUTERS/Andrew Kelly