"Star Trek: Sem Fronteiras" fatura US$59,6 mi em estreia

domingo, 24 de julho de 2016 16:10 BRT
 

Por Brent Lang

SÃO PAULO (Reuters) - "Star Trek: Sem Fronteiras" estreou com faturamento sólido de 59,6 milhões de dólares neste fim de semana, sinalizando que após seis séries televisivas, 13 filmes e 50 anos como parte da cultura pop, ainda há vida em um das franquias mais duráveis de Hollywood.

E há mais missões intergaláticas no horizonte. Como um aceno aos "Trekkies", como são conhecidos os fãs da franquia, a Paramount fez a manobra incomum de anunciar que mais uma sequência está no forno antes mesmo de a mais recente aventura da USS Enterprise chegar às telas.

O estúdio convocou Chris Hemsworth para repetir sua performance como o pai do capitão Kirk apesar do fato de ele ter sido incinerado em um desastre em um filme anterior. Na ficção científica, parece, a morte é um estado apenas temporário.

"Você pode contar nos dedos de uma única mão as marcas que têm esse tipo de longevidade e viabilidade ao longo do tempo", disse o analista sênior de mídia da comScore, Paul Dergarabedian. "Esses personagens são definidos de forma tão clara que as pessoas reagem ao sentimento de camaradagem".

O mais recente capítulo da saga "Jornada nas Estrelas" teve desempenho respeitável, mas os números da estreia foram piores do que os dos dois filmes anteriores. "Star Trek: Sem Fronteiras" não conseguiu atingir o lançamento de 70,2 milhões de dólares de "Além da Escuridão: Star Trek" em 2013 nem os 75,2 milhões de dólares faturados na estreia de "Star Trek" em 2009.

Além disso, com custos de 185 milhões de dólares, mais dezenas de milhões em gastos promocionais, o filme precisa ter bom desempenho nos mercados internacionais para garantir lucro.