Harry Potter volta a enfeitiçar com lançamento de "Criança Amaldiçoada" no Reino Unido

quarta-feira, 3 de agosto de 2016 14:10 BRT
 

LONDRES (Reuters) - "Harry Potter e a Criança Amaldiçoada", a versão em forma de livro de uma nova peça que está em cartaz em Londres e que conta a oitava história da série imensamente popular do mago adolescente, vendeu mais de 680 mil cópias no Reino Unido em três dias, informou a editora Little, Brown Book Group nesta quarta-feira.

O livro --um roteiro, e não um romance, como os volumes anteriores de Potter escritos por J.K. Rowling-- foi lançado à meia-noite de domingo, pouco depois da noite de gala da estreia da peça.

A ação se passa 19 anos depois de "Harry Potter e as Relíquias da Morte", que foi lançado em 2007 e é o último da série original.

A revista e site da indústria livreira britânica The Bookseller disse que, se as vendas mantiverem este ritmo, o livro vai assinalar "a segunda maior semana de vendas isolada de um título desde que os registros começaram, sendo que 'Harry Potter e as Relíquias da Morte' ocupa a primeira posição".

O sétimo volume da saga vendeu 1,8 milhão de cópias e 780 mil unidades da edição para adultos no Reino Unido em sua semana de lançamento, acrescentou o site.

Ressuscitando o mundo encantado de bruxas e magos de Rowling, "Harry Potter e a Criança Amaldiçoada" mostra o protagonista como pai de três filhos e funcionário sobrecarregado do Ministério da Magia.

"Após apenas dois dias de vendas, (ele) já é nossa maior venda de um livro de capa dura desde "O Símbolo Perdido", de Dan Brown, em 2009", disse Kate Skipper, diretora de compras da rede de livrarias britânica Waterstones, em um comunicado.

"Até o final desta primeira semana, acreditamos ultrapassar as vendas de 'O Símbolo Perdido' e empatar o total de vendas de nosso livro de roteiro mais vendido de todos os tempos, 'An Inspector Calls', de J. B. Priestley. Não há dúvida, este será o nosso maior livro este ano".

Na semana passada, a livraria norte-americana Barnes & Noble disse que o texto da peça é o livro em pré-venda mais encomendado desde "Harry Potter e as Relíquias da Morte".

(Por Marie-Louise Gumuchian)

 
Uma mulher segura copias do livro Harry Porter e a Criança Amaldiçoada partes 1 e 2 em livraria em Londres 31/07/ 2016. REUTERS/Neil Hall