Clarinetista de Nova Orleans Pete Fountain morre aos 86 anos

sábado, 6 de agosto de 2016 13:26 BRT
 

(Reuters) - O clarinetista Pete Fountain, uma das faces do jazz de Nova Orleans durante sua carreira de seis décadas, morreu neste sábado, com 86 anos, informou a mídia local.

Fountain ganhou fama como um músico de destaque no programa de TV "The Lawrence Welk Show", na década de 1950, e fez dezenas de aparições no "The Tonight Show", com Johnny Carson.

Fountain abriu seu próprio clube de jazz na Bourbon Street, em Nova Orleans, e ao longo dos anos se apresentou para quatro presidentes dos EUA e um papa.

Até a sua aposentadoria de apresentações públicas, aos 83 anos, Fountain desfilou todos os anos na festa de carnaval de Nova Orleans Mardi Gras, com seu "Half-Fast Marching Club".

Fountain nasceu Pierre Dewey La Fountaine Jr., em Nova Orleans, em 1930, e começou a tocar o clarinete como uma forma de combater problemas respiratórios crônicos. Até sua adolescência, ele já se apresentava em clubes da cidade como um músico profissional.

(Por Joseph Ax)