Com arqueologia, amor e canções, Bollywood traz antiga cidade de volta à vida

quarta-feira, 10 de agosto de 2016 19:51 BRT
 

LONDRES (Reuters) - Uma das primeiras cidades do mundo renasceu em um dos mais novos filmes de Bollywood, "Mohenjo Daro", que imagina a vida em 2016 antes de Cristo em uma civilização do vale do rio Indo cujas muralhas, ruas e citadela ainda podem ser vistas hoje.

O diretor indiano Ashutosh Gowariker recriou a cidade para encenar um romance épico que também é palco para um conto sobre a luta do bem contra o mal, na grande tradição bollywoodiana.

"Eu gosto de contar histórias que ainda não foram narradas e eu sinto que não foi dito muita coisa sobre esta civilização", disse Gowariker à Reuters.

"Eu pensei, porque não tecer uma história baseada nas descobertas de todos estes arqueólogos e tentar fazê-lo com o máximo de sinceridade e honestidade. Manter o fato intacto tanto quanto possível, mas também tecer dentro da ficção, por que só assim uma história pode ser contada".

Mohenjo Daro, na atual província Sindh, no Paquistão, é um Patrimônio Mundial da Humanidade, um dos locais mais bem preservados no Sul da Ásia, onde visitantes podem ver uma cidade bem planejada, construída com tijolos crus datando do início do terceiro milênio antes de Cristo.

Do diretor de "Lagaan", filme sobre a era Raj indicado ao Oscar de 2002, estrelando o aclamado ator indiano Hrithik Roshan, "Mohenjo Daro" deve ser um dos maiores filmes de Bollywood este ano. O filme será lançado mundialmente em 12 de agosto.

(Por Serena Chaudhry)

 
Ator indiano Hrithik Roshan fala em Madrid, Espanha
14/03/2016  REUTERS/Susana Vera