Donald Trump está "totalmente louco", diz Robert de Niro

segunda-feira, 15 de agosto de 2016 18:23 BRT
 

SARAJEVO (Reuters) - O ator e produtor norte-americano Robert De Niro disse neste sábado que o candidato republicano à presidência dos EUA, Donald Trump, não deveria disputar as eleições, pois está "totalmente louco".

Trump, um empresário bilionário que busca seu primeiro cargo público, tem gerado polêmica com uma série de declarações inflamadas sobre sua principal oponente Hillary Clinton, armas, mexicanos, muçulmanos e veteranos de guerra, entre outros.

Os comentários de De Niro, em Sarajevo, enquanto apresentava uma versão digital do filme "Taxi Driver", de Martin Scorsese, e no qual estrelou, marcou o 40º aniversário do longa.

"Eu não sei, é uma loucura que pessoas como Donald Trump, ele nem deveria estar onde está, então, que Deus nos ajude", disse De Niro em meio a aplausos no Teatro Nacional de Sarajevo.

"O que ele tem dito é totalmente louco, ridículo ... ele é totalmente maluco."

"Mas agora acho que eles estão realmente começando a recuar, a mídia ... finalmente estão começando a dizer: Qual é, Donald, isso é ridículo, isso é maluco, insano", afirmou De Niro.

Trump culpou a mídia norte-americana de tomar muito de seus comentários fora de contexto.

Na sexta-feira à noite, o ator de 73 anos abriu o 22º Festival Cinematográfico de Sarajevo, fundado como um desafio para o final do cerco da cidade entre 1992 e 1995, durante a guerra da Bósnia, e foi homenageado com um prêmio por sua contribuição para o cinema.

(Reportagem de Daria Sito-Sucic)

 
O ator Robert De NiroActor Robert De Niro conversa com repórteres e profissionais do cinema durante evento no 22º  Festival Cinematográfico de Sarajevo em Sarajevo, na Bósnia e Herzegovina
13/08/2016
REUTERS/Dado Ruvic