Artistas exploram resposta emocional aos ataques de 11/9 em nova exibição

quinta-feira, 1 de setembro de 2016 20:14 BRT
 

(Reuters) - O artista Christopher Saucedo, vestido de preto, ficou parado com as mãos nos bolsos próximo às suas obras de arte de várias mídias no Memorial & Museu Nacional 11 de setembro, em Manhattan.

Seu irmão, Gregory, um bombeiro, morreu no cumprimento do dever após o desabamento da Torre Norte do World Trade Center, durante os ataques de 11 de setembro.

O trabalho de Saucedo é parte da próxima exibição "Rendering the Unthinkable: Artists Respond to 9/11”, na qual 13 artistas de Nova York exploram suas reações aos ataques dos aviões, nos quais quase 3 mil pessoas morreram.

"Nós pensamos que precisava ter outro jeito de lembrarmos, e percebemos que a arte é outro caminho", disse nesta quinta-feira a diretora do Memorial & Museu 9/11, Alice M. Greenwald.

A exibição atua como um contraponto às mostras permanentes do museu, que conta a história dos ataques de 11 de setembro e homenageia os mortos com dolorosas visões familiares, assim como artefatos.

“Rendering the Unthinkable: Artists Respond to 9/11” é a primeira grande exibição especial para o museu. Será aberta ao público em 12 de setembro.

(Por Melissa Fares)