Ex-namorado de Bobbi Kristina Brown é considerado responsável pela morte dela

sexta-feira, 16 de setembro de 2016 19:17 BRT
 

ATLANTA (Reuters) - Um juiz da Geórgia, nos Estados Unidos, considerou nesta sexta-feira o ex-namorado de Bobbi Kristina Brown legalmente responsável pela morte dela em 2015, depois de ele não comparecer à sessão do processo civil, disse um advogado que representa o espólio dela.

Um júri vai determinar quanto Nick Gordon, que não foi indiciado criminalmente, deve pagar pelo seu papel na morte de Bobbi Kristina, a única filha dos cantores vencedores do Grammy Bobby Brown e a já morta Whitney Houston.

Bobbi Kristina, 22 anos, cantora aspirante, foi encontrada de bruços numa banheira na sua casa em Atlanta em janeiro de 2015 e morreu cerca de seis meses depois sem sair do estado de coma. Uma autópsia revelou que intoxicação por drogas e a imersão do seu rosto na água contribuíram com a morte.

O espólio de Bobbi Kristina acusou Gordon no processo de causar a morte dela ao lhe dar uma “mistura tóxica” e também de roubar da sua conta bancária quando ela estava de coma. Gordon nega as alegações e diz que tentou salvar a vida de Bobbi Kristina.

T. Jackson Bedford, juiz do condado de Fulton, decidiu contra Gordon depois que nem ele nem o seu advogado compareceram à sessão na manhã desta sexta, disse David Ware, advogado que representa o espólio de Bobbi Kristina.

Um porta-voz de Gordon não respondeu de forma imediata o pedido de comentário.

(Por David Beasley)

 
Bobbi Kristina Brown chega para evento com o namorado Nick Gordon em Hollywood. 16/8/2012.   REUTERS/Fred Prouser/File photo