"Game of Thrones" e "Veep" vencem novamente no Emmy

segunda-feira, 19 de setembro de 2016 08:23 BRT
 

Por Jill Serjeant

LOS ANGELES (Reuters) - A série dramática de fantasia "Game of Thrones" e a comédia "Veep" ganharam novamente pela gigante da TV a cabo HBO na premiação Emmy no domingo, mas novatos e atores de cor também deixaram suas marcas em uma cerimônia onde a política num ano de eleição presidencial teve grande influência.

A favorita dos fãs "Game of Thrones" entrou na premiação de domingo com 23 indicações e venceu 12 prêmios, incluindo o de melhor série dramática, direção e roteiro. A série superou as concorrentes "Mr. Robot", da rede USA, e a série da Netflix sobre política norte-americana "House of Cards".

"Estamos aqui porque George Martin criou o mundo que todos vivemos e interpretamos", disse o cocriador Dan Weiss.

"The People v. O.J. Simpson", dramatização da FX do julgamento do ex-jogador de futebol americano por assassinato venceu nove Emmys, incluindo o de melhor minissérie e os atores Courtney B. Vance, Sterling K. Brown e Sarah Paulson.

O apresentador Jimmy Kimmel abriu o show de domingo com uma série de piadas sobre o candidato à Presidência Donald Trump, que é ex-apresentador do programa "Celebrity Apprentice".

"Caso Donald Trump seja eleito e construa aquele muro, a primeira pessoa que iremos jogar é Mark Burnett", disse Kimmel sobre o produtor britânico que criou o programa "O aprendiz".

A estrela de "Veep" Julia Louis-Dreyfus venceu seu quinto prêmio Emmy consecutivo por seu papel na comédia sobre a Casa Branca na qual interpreta uma ambiciosa e incompetente presidente que luta para se manter no poder.

"Acho que 'Veep' quebrou a barreira entre comédia e política. Nosso programa teve início como uma sátira política, mas agora parece ser um documentário", ela disse, se referindo à campanha presidencial.   Continuação...

 
Julia Louis-Dreyfus posa com prêmio Emmy de Melhor Atriz em Série de Comédia por papel em "Veep".    18/09/2016          REUTERS Mario Anzuoni