Ator Ben Stiller revela que foi diagnosticado com câncer no passado

terça-feira, 4 de outubro de 2016 18:26 BRT
 

(Reuters) - O ator e diretor Ben Stiller disse nesta terça-feira que foi diagnosticado com câncer de próstata há dois anos e que a realização antecipada de um exame de checagem polêmico salvou a sua vida.

O astro de “Zoolander”, de 50 anos, afirmou que o diagnóstico se deu em junho de 2014 e que ele foi declarado livre do câncer três meses depois de uma cirurgia.

"Então, eu tive câncer uns dois anos atrás, e eu queria falar sobre isso. E sobre o teste que salvou a minha vida”, afirmou Stiller via Twitter, dando o link para um texto no Medium.com sobre a sua experiência.

Ele descreveu os três meses entre o diagnóstico e o tratamento como uma “montanha-russa maluca com a qual cerca de 180 mil homens por ano nos Estados Unidos se identificariam”.

Stiller disse que se sente com sorte por ter feito de forma antecipada um exame de sangue chamado PSA (antígeno prostático específico), que tem se mostrado polêmico entre os médicos porque ele pode dar um falso positivo ou um falso negativo e levar a tratamento invasivo.

"Fazer o teste PSA salvou a minha vida”, escreveu Stiller. “Literalmente. É por isso que estou escrevendo isso agora.”

"Eu não estou oferecendo um ponto de vista científico aqui, apenas um pessoal, baseado na minha experiência”, completou.

(Reportagem de Melissa Fares em Nova York)

 
Ben Stiller posa em evento de Zoolander 2 em Londres.  4/2/2016. REUTERS/Dylan Martinez