Audiência de TV de 2º debate presidencial dos EUA pode ter sido menor, diz mídia

segunda-feira, 10 de outubro de 2016 13:19 BRT
 

(Reuters) - A audiência televisiva do segundo debate entre os presidenciáveis norte-americanos Donald Trump e Hillary Clinton não deve ter chegado ao mesmo patamar do primeiro encontro, segundo dados preliminares citados pela mídia dos Estados Unidos.

As revistas Hollywood Reporter e Variety e a rede CNN disseram nesta segunda-feira que as primeiras medições, feitas pela consultoria Nielsen de domingo para segunda-feira, mostraram que a audiência de TV foi entre 19 e 20 por cento inferior à do debate de 26 de setembro, assistido por 84 milhões de espectadores, um recorde.

Os números finais de todos os canais abertos e a cabo que exibiram o confronto serão divulgados pela Nielsen ainda nesta segunda-feira.

Os segundos debates presidenciais tendem a atrair audiências de TV menores, mas se deu muita atenção ao confronto de domingo devido ao surgimento de um vídeo de 2005 que exibe Trump fazendo comentários vulgares sobre mulheres, o que levou vários políticos republicanos a abandoná-lo.

O segundo debate aconteceu ao mesmo tempo em que o popular programa "Sunday Night Football", da rede NBC, normalmente o evento televisivo mais assistido da semana. A NBC não exibiu o debate.

O enfrentamento de domingo, o segundo de três antes da eleição de 8 de novembro, foi notável pela brutalidade dos ataques entre o republicano Trump e sua rival democrata Hillary.

         (Por Jill Serjeant)

 
Candidato republicano à Presidência dos EUA, Donald Trump, e candidata democrata, Hillary Clinton, durante debate em St. Louis.       09/10/2016          REUTERS/Jim Young