Madonna e Guy Ritchie não vão se divorciar, diz porta-voz

terça-feira, 1 de julho de 2008 16:58 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - A cantora norte-americana Madonna e seu marido, o cineasta britânico Guy Ritchie, não estão planejando se divorciar, disse a porta-voz da pop star nesta terça-feira, negando as especulações da imprensa de que o casal estaria se separando.

"Não há planos de divórcio", disse Liz Rosenberg, assessora de Madonna, em um e-mail enviado à Reuters.

Rumores de que o casal, que vive em Londres, estaria se divorciando circulam há alguns meses, e foram alimentados mais recentemente por informações de que a cantora teria contratado Fiona Shackleton, advogada que defendeu Paul McCartney em seu complicado divórcio com a ex-modelo Heather Mills.

As especulações chegaram ao auge na semana passada em Londres, onde o jornal Daily Mirror dedicou duas capas ao mau estado da relação do casal.

Madonna, de 49 anos, e Ritchie, de 39, se casaram em dezembro de 2000, no castelo Skibo, na Escócia. Os dois se conheceram em uma festa do cantor e ex-líder da banda The Police, Sting. O filho do casal, Rocco, já havia nascido há meses quando eles se casaram, e em 2006, Madonna se aplicou para adotar David Banda, um menino de Malauí cuja mãe morreu pouco depois de seu nascimento. A adoção foi aprovada por uma corte de Malauí em maio.

Madonna ainda tem uma filha, Lourdes, de uma relação anterior. Ela foi casada antes com o ator de Hollywood Sean Penn, nos anos 1980.

Madonna é uma das cantoras mais bem-sucedidas de todos os tempos, com mais de 200 milhões de álbuns vendidos em todo o mundo. Vencedora de diversos prêmios Grammy, ela foi indicada ao Hall da Fama do Rock and Roll em março.

Ritchie é mais conhecido por seus filmes "Jogos, Trapaças e dois Canos Fumegantes" (1998) e "Snatch" (2000), mas foi muito criticado desde então, especialmente depois de ter dirigido Madonna em "Destino Insólito" (2002).

(Reportagem de Michelle Nichols e Mike Collett-White)