Juiz suspende direito de Britney Spears de visitar os filhos

sexta-feira, 4 de janeiro de 2008 22:17 BRST
 

LOS ANGELES (Reuters) - Britney Spears perdeu na sexta-feira o direito de visitar os dois filhos, depois de se recusar a devolvê-los, num incidente que terminou com a ida dela a um hospital.

O juiz de Los Angeles responsável pela disputa de custódia entre Spears e seu ex-marido Kevin Federline suspendeu os direitos de visitação da pop star numa audiência de emergência, mostraram documentos do tribunal.

Os documentos informam que a "visitação às crianças está suspensa, até nova decisão da corte". E acrescenta que Federline tem "a custódia legal e física exclusiva" dos garotos.

Spears, de 26, perdeu a guarda dos meninos em outubro de 2007, mas foi permitida a fazer visitas monitoradas três vezes por semana.

A cantora foi levada a um hospital de Los Angeles na manhã desta sexta-feira, após a polícia ter passado cerca de quatro horas na casa dela tentando solucionar uma briga sobre a custódia de seus filhos.

Envolvida em vários escândalos pessoais nos últimos anos, ela foi levada de ambulância de sua casa em Beverly Hills para o hospital, num comboio formado por três ambulâncias, nove carros de polícia e mais outros veículos.

Segundo o site TMZ.com, Britney foi internada no Centro Médico Cedars-Sinai para uma avaliação, e fez um gesto obsceno para os fotógrafos quando era retirada de maca da ambulância. Um de seus dois filhos também estava no hospital.

De acordo com testemunhas, Britney recusou-se a entregar os filhos Sean Preston, 2, e Jayden James, 1, ao guarda-costas do ex-marido, como o previsto para as 19h de quinta-feira (1h de sexta-feira pelo horário de Brasília).

Segundo Jason Lee, da polícia de Los Angeles, os policiais foram chamados à casa dela cerca de uma hora depois para tentar resolver o impasse.

(Reportagem de Jill Serjeant)