Greve de roteiristas deve deixar Globo de Ouro sem celebridades

sábado, 5 de janeiro de 2008 11:06 BRST
 

Por Bob Tourtellotte

LOS ANGELES (Reuters) - O sindicato dos atores dos Estados Unidos (Screen Actors Guild) afirmou na sexta-feira que quase todos os seus membros irão se recusar a furar uma greve de roteiristas de Hollywood para comparecer ao Globo de Ouro, marcado para acontecer em 13 de janeiro.

Astros como Julia Roberts e Jonhnny Depp atrairiam grande público para o prêmio de cinema e televisão, mas, caso não comparecem, especialistas acreditam que o Globo de Ouro poderá não ser exibido conforme o planejado.

"Parece haver acordo unânime de que os atores não vão furar a greve do sindicato de roteiristas (Writers Guild of America)", disse o presidente do sindicato dos atores, Alan Rosenberg.

Dias atrás, a Hollywood Foreign Press Association, responsável por entregar os prêmios, disse que estava em negociação com o sindicato dos roteiristas para buscar um "acordo interino" que permitiria a exibição do Globo de Ouro na data certa. Mas o sindicato afirmou que, por enquanto, mantém seu plano de não permitir que seus integrantes escrevam para a premiação.