Estúdios de Hollywood e atores param negociação trabalhista

terça-feira, 6 de maio de 2008 23:47 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - Os principais estúdios e o Sindicato dos Atores interromperam três semanas de negociações contratuais sem chegarem a um acordo nesta terça-feira, gerando temores de novos problemas trabalhistas em Hollywood após uma greve de 100 dias dos roteiristas, encerrada em fevereiro.

As notícias de um impasse vieram em um comunicado da agente negociadora dos estúdios, a Alliance of Motion Picture and Television Producers (AMPTP), cerca de 90 minutos após expirar o prazo para um acordo.

A nota da AMPTP culpa o sindicato dos atores pela "contínua adesão a exigências que não são razoáveis", citando as propostas do sindicato de aumentar os pagamentos "residuais" que os atores recebem por vendas de DVDs.

Outras diferenças apontadas pelos estúdios incluem os pedidos do sindicato por pagamentos residuais por conteúdo divulgado na Internet e em outras áreas de nova mídia.

O sindicato dos atores não estava imediatamente disponível para fazer comentários.

(Por Steve Gorman)