Polícia acha mais 2 quadros roubados da Estação Pinacoteca

quinta-feira, 7 de agosto de 2008 10:30 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - Os quadros "Mulheres na Janela" (1926), de Di Cavalcanti, e "O Casal" (1919), de Lasar Segall, roubados no dia 12 de junho, foram recuperados na noite de quarta-feira, segundo o Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic).

As obras estavam expostas no museu Estação Pinacoteca, no centro de São Paulo, e foram roubadas por três homens que também levaram "O Pintor e Seu Modelo" (1963) e a gravura "Minotauro, Bebedor e Mulheres" (1933), ambos de Pablo Picasso. Os quadros são avaliados em 1 milhão de reais, segundo a Secretaria do Estado da Cultura.

Os policiais da Delegacia de Repressão a Roubos Especiais prenderam o gerente de padaria Edmilson Silva do Nascimento, 29, em Guaianazes, zona leste de São Paulo. Os quadros estavam debaixo da cama dele.

Segundo a assessoria de imprensa do Deic, o roubo não foi encomendado. Os três homens, que têm antecedentes de roubo, assaltaram a Estação Pinacoteca, porque acharam que poderiam vender os quadros por uma boa quantia, segundo o Deic.

"O Pintor e Seu Modelo" foi recuperado pela Polícia Civil no dia 19 de julho, em Guarulhos. Na ocasião, Wesley Teobaldo Barros foi preso em flagrante com mais duas pessoas, por formação de quadrilha.

A equipe do Deic informou ainda ter identificado o terceiro envolvido no roubo, de apelido "Paulinho", que ainda não foi encontrado. A última obra a ser recuperada, "Minotauro, Bebedor e Suas Mulheres", estaria com ele.

(Por Marjorie Rodrigues)