"Perigo em Bancoc", com Nicolas Cage, lidera bilheteria nos EUA

domingo, 7 de setembro de 2008 17:35 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - Menos de um ano depois de estrelar o maior filme de sua volátil carreira, Nicolas Cage voltou ao topo das bilheterias norte-americanas no domingo, com um de seus trabalhos mais fracos.

"Perigo em Bancoc", no qual Cage interpreta um assassino, foi o filme que mais arrecadou nas bilheterias neste fim de semana, com apenas 7,8 milhões de dólares, segundo a distribuidora Lionsgate. Especialistas da indústria cinematográfica esperavam que a estréia arrecadasse pelo menos 10 milhões.

Mas Cage já viu outros de seus filmes terem desempenhos piores. "O Vidente" arrecadou apenas 7,1 milhões de dólares em abril de 2007 e o drama "O Sol de Cada Manhã" obteve apenas 4,2 milhões de dólares em 2005.

O último filme a liderar as bilheterias norte-americanas com uma arrecadação menor do que a esperada foi a comédia "Dickie Roberts: o Pestinha Cresceu", que obteve 6,7 milhões de dólares em 2003, de acordo com a empresa de contagem de bilheterias Box Office Mojo.

As vendas de ingressos de cinema geralmente despencam nos Estados Unidos no mês de setembro, quando terminam o verão e as férias. No começo do outono, os estúdios lançam seus filmes de baixa performance. "Perigo em Bancoc" era o único grande lançamento deste fim de semana.

Depois de três semanas no topo das bilheterias norte-americanas, "Trovão Tropical", da DreamWorks/Paramount, escorregou para o segundo lugar, com 7,5 milhões de dólares. Já a comédia "A Casa das Coelhinhas" subiu ao terceiro lugar, com 5,9 milhões de dólares em sua terceira semana em cartaz. Os dois filmes lucraram até agora 97 milhões e 37 de milhões de dólares, respectivamente.

(Por Dean Goodman)