Super-heróis e sequências desafiam bilheterias de verão nos EUA

terça-feira, 8 de abril de 2008 13:48 BRT
 

Por Carl DiOrio

LOS ANGELES (Hollywood Reporter) - Antes de cada verão norte-americano, Hollywood costuma gabar-se dos filmes fantásticos que tem prontos para lançar e que certamente alcançarão novos picos de bilheteria.

Este ano, porém, a expectativa é menor. Os executivos dos maiores estúdios procuram precaver-se contra qualquer otimismo injustificado.

"Será difícil nos compararmos ao verão passado, ainda mais com quatro filmes que renderam 300 milhões de dólares cada", diz o vice-presidente da Paramount, Rob Moore.

"É pouco provável que isso se repita este ano, mas a pergunta é: 'Quantos filmes de 200 milhões vamos ter?"'.

Entre os potenciais blockbusters da temporada estão: "Homem de Ferro", da Paramount (estréia marcada para 2 de maio), "As Crônicas de Narnia -- Príncipe Caspian", da Disney (16 de maio), "Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal", da Paramount (22 de maio), "Agente 86", da Warner Bros. (20 de junho), "Hancock", da Sony (2 de julho) e "Batman -- O Cavaleiro das Trevas", da Warner (18 de julho).

Três desses filmes são sequências, e um quarto, "Agente 86", pode chamar a atenção do público por ser baseado num seriado de sucesso na TV.

Mas, com apenas sete sequências ao todo, contra 13 no ano passado, as perspectivas dos estúdios no verão norte-americano vão depender em grande medida dos lançamentos originais.

Entre os títulos originais, duas das apostas mais certeiras estão agendadas para estrear em junho e são animações de estúdios de renome: "Kung Fu Panda", da DreamWorksAnimation, e "Wall-E", da Pixar.   Continuação...