J.K.Rowling renova pedido de privacidade para foto do filho

segunda-feira, 10 de março de 2008 16:17 BRT
 

LONDRES (Reuters) - A autora J.K.Rowling renovou seu pedido para impedir a publicação de uma fotografia de seu filho, depois do pedido oficial de privacidade ter sido negado em uma corte de Londres no ano passado.

Os advogados da criadora da série best-sellers "Harry Potter", utilizando o verdadeiro nome dela, Joanne Murray, foram para a Corte de Apelação por causa da foto de Rowling, seu marido e seu filho, David, que foi publicada na Sunday Express Magazine.

Na época, David tinha menos de dois anos de idade. Hoje, ele tem quatro.

Rowling, 42 anos, e seu marido, Neil Murray, processaram a Express Newspapers e a agência fotográfica Big Pictures em nome de David, procurando impedir que a foto fosse publicada novamente.

O Express aceitou o pedido e, em agosto, o juiz da Alta Corte Nicholas Patten dispensou o caso contra a agência.

Ele disse que "não era David quem estava chateado" com a publicação da fotografia e, consequentemente, o pedido em seu nome parecia "artificial".

Patten disse que simpatiza com qualquer um que deseje proteger seus filhos contra a atenção intrusiva da mídia, mas adicionou que a lei não permite que se estabeleça uma "zona livre da imprensa para tudo o que os filhos façam".

Renovando o pedido na Corte de Apelação na segunda-feira, o advogado de Rowling, Richard Spearman, disse: "O pedido não trata dos direitos de um adulto. Trata dos direitos da criança". A audiência continua.

(Reportagem de Mike Collett-White)

 
<p>J.K.Rowling renova pedido de privacidade para foto do filho. A autora J.K.Rowling renovou seu pedido para impedir a publica&ccedil;&atilde;o de uma fotografia de seu filho, depois do pedido oficial de privacidade ter sido negado em uma corte de Londres no ano passado. Foto de Arquivo. Photo by Anthony Harvey</p>