ESTRÉIA-Mentira destrói personagens em "Desejo e Reparação"

quinta-feira, 10 de janeiro de 2008 10:37 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - "Desejo e Reparação", que concorre em sete categorias no Globo de Ouro, dá início à temporada de estréias no Brasil de filmes indicados às principais premiações do cinema norte-americano.

O longa-metragem disputa no Globo de Ouro, que será anunciado no domingo sem a tradicional festa, os prêmios de melhor filme/drama, diretor, roteiro, trilha sonora, atriz (Keira Knightley), ator (James McAvoy) e atriz coadjuvante (Saoirse Ronan).

"Desejo e Reparação" estréia no país na sexta-feira.

Baseado no romance "Reparação", do inglês Ian McEwan (que no filme é creditado como produtor executivo), o longa é dirigido por Joe Wright ("Orgulho e Preconceito"), que vem se especializando na adaptação de grandes obras literárias.

A trama começa no dia mais quente e seco do ano de 1935. Briony (Ronan, de "Nunca É Tarde Para Amar") tem 13 anos e uma mente muito fértil. Solitária em uma casa de adultos, ela encontra distração criando pequenos contos e peças de teatro.

Sua nova obra prima é "Arabella em Apuros", que será representada por seus primos do norte na ocasião do retorno do primogênito (Patrick Kennedy, de "Um Bom Ano"). Porém, tudo dá errado.

Uma trágica combinação entre suas frustrações, o calor e sua imaginação resulta numa série de eventos que vai destruir a vida de algumas pessoas -- inclusive a dela própria.

Briony acredita que sua irmã mais velha Cecília (Keira Knightley, "Piratas do Caribe No Fim do Mundo") foi seduzida pelo filho de uma empregada que é muito querido pela família, Robbie (James McAvoy, de "O Último Rei da Escócia").

O julgamento errôneo de Briony faz com que Robbie vá para a prisão e acabe lutando na França na Segunda Guerra Mundial. Cecília, por sua vez, abandona a sua família e torna-se enfermeira.   Continuação...

 
<p>Mentira destr&oacute;i personagens em 'Desejo e Repara&ccedil;&atilde;o'.  'Desejo e Repara&ccedil;&atilde;o', que concorre em sete categorias no Globo de Ouro, d&aacute; in&iacute;cio &agrave; temporada de estr&eacute;ias no Brasil de filmes indicados &agrave;s principais premia&ccedil;&otilde;es do cinema norte-americano. Foto do Arquivo. Photo by Rahav Segev</p>