Descoberto templo construído há 4.000 anos no Peru

domingo, 11 de novembro de 2007 14:32 BRST
 

Por Marco Aquino

LIMA (Reuters) - Arqueólogos acharam um templo de blocos de argila, com pinturas murais, com cerca de 4.000 anos, no norte do Peru. O templo pode ser um dos mais antigos da América, segundo o responsável pelos estudos.

Situado no meio de uma ruína de cerca de 50 metros quadrados, o templo tem uma escada central e um salão onde há um altar de culto ao fogo, afirmou à Reuters o arqueólogo Walter Alva, por telefone.

O lugar onde os arqueólogos trabalham, localizado em Lambayeque, no norte do Peru, a 760 km de Lima, é chamado de Ventarrón. Segundo Alva, o complexo foi construído 2.000 anos antes de Cristo.

"Trata-se de um templo de cerca de 4.000 anos. O que nos surpreende são os métodos de construção, o design arquitetônico e, acima de tudo, os murais, que podem ser os mais antigos do continente", afirmou Alva, diretor do Museu Tumbas Reales de Sipán.

Descobertas em Sipán, um centro administrativo e religioso da cultura mochica, incluem uma tumba de ouro, construída há 1.700 anos para um rei pré-inca.

"A descoberta desse templo revela evidências que sugerem que na região de Lambayeque havia um intercâmbio cultural entre a costa do Pacífico e o restante do Peru", declarou Alva.

 
<p>Descoberto templo constru&iacute;do h&aacute; 4.000 anos no Peru. Arque&oacute;logos acharam um templo de blocos de argila, com pinturas murais, com cerca de 4.000 anos, no norte do Peru. O templo pode ser um dos mais antigos da Am&eacute;rica, segundo o respons&aacute;vel pelos estudos. 10 de novembro. Photo by Reuters (Handout)</p>