13 de Junho de 2008 / às 15:39 / 9 anos atrás

Em clima de cabaré, Gisele desfilará coleção orgânica no SPFW

<p>Gisele B&uuml;ndchen desfilando para a Colcci no Fashion Rio de primavera. Photo by Bruno Domingos</p>

Por Fernanda Ezabella

SÃO PAULO (Reuters) - A marca de jeanswear Colcci promete um clima de cabaré e muitos tecidos naturais para seu desfile de estréia no São Paulo Fashion Week, tendo como estrela a top Gisele Bundchen, que volta ao evento paulista após quatro anos de ausência.

A estilista Jéssica Lengyel, contratada há um ano e meio para assinar as coleções da marca, contou que o desfile terá como tema um “cabaré botânico”, com muito algodão, seda e técnicas manuais de lavanderia.

“É que a gente está um pouco cansado dessa coisa muito tecnológica. Os materiais tecnológicos são interessantes, mas o natural, o orgânico também é muito bom”, disse Jéssica à Reuters.

“E como a Colcci é uma marca muito sexy, pensamos num lugar sexy, num cabaré, e unimos as duas coisas.”

O encontro inusitado, corriqueiro nos desfiles de moda, acontecerá em uma sala do prédio da Bienal, no parque Ibirapuera, onde se realiza a partir de terça-feira o SPFW. A Colcci desfila no dia 22 (domingo).

No lugar de elevadores ou plataformas giratórias, como aconteceu em apresentações anteriores da Colcci, o cenário será aparentemente mais modesto, com uma passarela tripla de madeira crua, podendo receber de seis a oito modelos ao mesmo tempo.

Gisele, que faz campanha para a grife de Brusque (SC) desde 2005 no Fashion Rio, fará as já tradicionais três entradas, uma delas provavelmente de jeans, para valorizar o carro-chefe da Colcci.

“Temos sempre três momentos na passarela para valorizar o produto e para valorizar a Gisele... É possível agradar a todas as vontades -- quem quer ver o corpo da Gisele, quem quer ver a Gisele à vontade, e de quem está lá para ver o produto”, disse Jéssica.

O que Gisele veste na passarela é acertado com cuidado, já que as peças acabam figurando entre as que mais vendem quando chegam nas lojas.

“Jamais uma peça que ela coloca (no desfile) vai estar entre as menos vendidas”, explicou Jéssica.

“Na verdade, assim que os looks de passarela, de catálogo e de campanha são confirmados, isso é passado automaticamente para a equipe de vendas para se preparar para um pedido maior dessas peças.”

A calça jeans justíssima vinho, com lavagem marmorizada, que Gisele usou no último desfile da Colcci no Fashion Rio, em janeiro deste ano, está entre os destaques da grife deste inverno, que chega agora às lojas.

Para o verão, a novidade será um jeans mais com cara de anos 1970, de azul bem claro, tom de céu. Outros serão trabalhados com o fio cru do jeans, deixando uma cor um pouco bege. Provavelmente Gisele desfilará com um deles.

A Colcci, que trabalha por semestre com 1.500 peças diferentes, exporta para 40 países. Tem 102 lojas franqueadas no Brasil, e oito no exterior -- Europa, Estados Unidos, Guatemala, Arábia Saudita e Japão.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below