Consórcio integrado pelo U2 construirá edifício em Dublin

sexta-feira, 12 de outubro de 2007 12:58 BRT
 

DUBLIN (Reuters) - Um consórcio integrado pelo arquiteto britânico Norman Foster e pela banda irlandesa U2 foi selecionado como concorrente preferencial para construir uma torre de 120 metros às margens do rio Liffey, de Dublin.

O projeto U2 Tower, que será a construção irlandesa mais alta --mas terá apenas um quarto da altura dos arranha-céus mais altos do mundo--, é parte de um plano para dar vida à região portuária da cidade.

Um estúdio de gravação do U2 será construído no prédio e ficará instalado no topo da torre, em forma oval.

O projeto também inclui uma plataforma pública de 100 metros, um hotel, acomodações comerciais e residenciais, além de moradias acessíveis.

A Dublin Docklands Development Authority anunciou nesta sexta-feira, em comunicado, que escolheu o consórcio Geranger Ltd como licitante preferencial para desenhar, construir e financiar o projeto após avaliar outras propostas.

O consórcio inclui August Partners, empresário do grupo.

A empresa do arquiteto Norman Foster, Foster + Partners, já participou de projetos como o Reichstag de Berlim, além de construções em Londres como o novo estádio de Wembley e a torre comercial "Gherkin".

"Este consórcio com Norman Foster trará uma referência duradoura para Dublin", disse John McLaughlin, diretor de arquitetura para a Docklands Authority.

Estima-se que o projeto custará cerca de 200 milhões de euros (284,3 milhões de dólares). A construção deve começar em 2008, com prazo de entrega previsto para 2011, informou o comunicado.