Diretor de "Crash" fará filme sobre filha de Fidel Castro

terça-feira, 13 de maio de 2008 11:04 BRT
 

LOS ANGELES (Hollywood Reporter) - O escritor e produtor Bobby Moresco, que ganhou um Oscar pela co-direção do filme "Crash -- No Limite", vai se juntar ao Grupo de Relações Artísticas, cuja sede é em Austin, para levar ao cinema a história de Alina Fernandez, a única filha do líder cubano aposentado Fidel Castro.

Moresco também pode dirigir o projeto.

Alina é fruto de uma relação extraconjugal que Fidel teve quando casado com sua primeira mulher. Só aos 10 anos ela soube que o homem que via na televisão todos os dias e a visitava à noite era seu pai.

Em 1993, Alina se disfarçou de estudante espanhola e fugiu para a Espanha e, depois, para os Estados Unidos, onde está exilada desde então. Ela é reconhecida mundialmente como um dos parentes de Fidel Castro que mais falam publicamente.

Os produtores não planejam fazer uma biografia ou uma simples história de fuga, mas sim um filme como "Crash", intercalando a história de Alina com uma série de narrativas paralelas que ilustram as perspectivas e ideologias cubanas e norte-americanas. As memórias dela servirão de inspiração.

"Ao longo dos últimos 20 anos, tento mostrar o que acontece no meu país, tento fazer com que as pessoas tenham mais noção de quão gloriosos nós somos e quantas limitações temos", disse a filha de Fidel ao Hollywood Reporter. "Somos seus vizinhos, mas, mesmo assim, vocês sabem muito pouco sobre nós. Será uma boa oportunidade de mostrar (ao público)."

Alina será consultora e relações públicas do filme.