Mulher será julgada por perseguir ator John Cusack

terça-feira, 15 de abril de 2008 14:21 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - Um juiz ordenou na segunda-feira que uma mulher, de 33 anos, seja julgada por perseguir o ator John Cusack, astro de filmes como o recente "Ensinando a Viver" e o thriller sobrenatural "1408".

Emily Diane Leatherman foi detida em março, do lado de fora da casa do ator, em Malibu. Na queixa contra ela, alega-se que começou a perseguir Cusack em fevereiro de 2007.

Em outra petição, pedindo uma ordem de afastamento, Cusack acusa a mulher de jogar uma mala com cartas de amor, pedras e chaves de fenda pela grade de sua casa, de acordo com uma reportagem do Los Angeles Times.

Leatherman já foi acusada de perseguição grave -- se condenada, pode pegar até 3 anos de prisão, disse o gabinete da Promotoria distrital.

Ela também enfrenta duas acusações leves: um pequeno furto e desobediência a uma ordem de afastamento. A sentença para cada uma delas pode ser de até 6 meses de prisão.