Jane's Addiction tocará na premiação da NME Awards

quarta-feira, 16 de abril de 2008 11:26 BRT
 

Por Dean Goodman

LOS ANGELES (Reuters) - Os quatro membros da formação original da pioneira banda de rock alternativo Jane's Addiction vão tocar pela primeira vez em quase 17 anos na semana que vem, fazendo as pazes temporariamente para receber um prêmio pelo conjunto da obra.

O baixista Eric Avery, que se recusa a tocar com a banda desde o seu primeiro rompimento, em 1991, disse na terça-feira que estaria no palco do primeiro NME Awards, no dia 23 de abril, em Los Angeles, junto com o cantor Perry Farrell, o guitarrista Dave Navarro e o baterista Stephen Perkins.

Seus colegas de banda, que ressuscitaram o Jane's Addiction algumas vezes, já haviam concordado em comparecer ao evento no El Rey Theatre, deixando Avery mais uma vez como o "do contra".

A banda vai ser homenageada com o "Godlike Genius Award" ("Prêmio Gênio Divino") por sua contribuição para o desenvolvimento do rock alternativo, com discos como "Nothing's Shocking", de 1988, e "Ritual de lo Habitual", de 1990.

"Sempre considerei as reuniões uma forma de fazer dinheiro rápido e isso entrega por encomenda minha própria experiência da primeira vez", disse Avery em um comunicado.

"O razão pela qual eu comecei a considerar isso é que está homenageando o passado, em vez de tentar recriá-lo."

Avery tem sido discreto desde que deixou o Jane's Addiction e acaba de lançar seu primeiro disco solo.

A banda se reuniu pela primeira vez em 1997, com uma série de baixistas substituindo Avery, incluindo Flea, do Red Hot Chili Peppers.

O último show do Jane's Addiction aconteceu em dezembro de 2003 e teve a participação especial do músico Chris Chaney, numa turnê para promover o disco "Strays" que acabou sendo encurtada. A separação foi ácida, mas evidentemente não irreparável.

O NME Awards será feito pela revista de música britânica New Musical Express.