Compositor Dorival Caymmi morre no Rio, aos 94 anos

sábado, 16 de agosto de 2008 11:41 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O cantor e compositor baiano Dorival Caymmi morreu neste sábado, aos 94 anos, em sua casa no Rio de Janeiro.

Caymmi sofria de insuficiência renal e estava internado em sua residência, no bairro de Copacabana, desde dezembro do ano passado.

O autor de clássicos como "Você já foi à Bahia?", "Maracangalha" e "Saudades de Itapoã" faleceu por volta das 6h da manhã, com insuficiência múltipla dos órgãos.

Caymmi será enterrado no cemitário de São João Batista, no bairro de Botafogo.

Nascido em Salvador, em 30 de abril de 1914, Caymmi mudou-se para o Rio no final da década de 1930. Apesar da mudança, a Bahia, seu Estado natal, jamais deixou de ser retratada em seus trabalhos.

O compositor gravou cerca de 20 discos ao longo de seus mais de 60 anos de carreira. Suas canções foram gravadas por dezenas de intérpretes.

Em 1986, a Mangueira, uma das principais escolas de samba do Rio, fez uma homenagem ao compositor, usando a história do baiano como tema para seu enredo. O desfile garantiu o título para a Estação Primeira na Marquês de Sapucaí.

(Reportagem de Renato Andrade)