"Horton e o Mundo dos Quem" lidera bilheterias nos EUA

domingo, 16 de março de 2008 17:28 BRT
 

Por Dean Goodman

LOS ANGELES (Reuters) - A animação em computação gráfica "Horton e o Mundo dos Quem" bateu seus rivais nas bilheterias norte-americanas neste domingo, com vendas de 45,1 milhões de dólares, a melhor estréia do ano.

A produção da 20th Century Fox, que custou 85 milhões de dólares para ser feita, usa as vozes de Jim Carrey e Steve Carell e superou as expectativas da indústria. Mesmo assim, ela ficou um pouco abaixo dos 55,1 milhões de dólares da última participação de Carrey em um filme de Dr. Seuss, "O Grinch," de 2000.

Mesmo assim, é a melhor estréia de Carrey desde maio de 2003, quando "Todo Poderoso" estabeleceu um novo patamar para o ator canadense, com ganhos iniciais de 67,95 milhões de dólares. "Horton" está em quarto lugar no ranking total de Carrey.

A vozes do ator aparecem no personagem principal, um elefante que tropeça em uma partícula que parece ser um pequeno planeta onde há uma cidade chamada Quem-Lândia. Carell empresta sua voz ao empolgado prefeito. Em um raro momento de sincronia com os espectadores, a crítica elogiou o filme.

A Fox informou que "Horton e o Mundo dos Quem" está na quinta posição no ranking das estréias de animações em todos os tempos. A primeira colocação é de "Procurando Nemo", de 2003, com 70,2 milhões de dólares. O estúdio espera que o feriado da Páscoa nos EUA aumente a performance no filme no meio da semana.

O campeão da semana passada, "10.000 A.C.", caiu para a segunda posição, com 16,4 milhões de dólares no período de três dias. A arrecadação dos últimos 10 dias da produção épica da Warner Bros. Pictures chegou a 61,2 milhões. Internacionalmente, a bilheteria foi de 73 milhões de dólares. A Time Warner afirmou que o filme custou mais de 100 milhões de dólares para ser feito.

Em terceiro lugar ficou "Never Back Down", um filme sobre vale-tudo que tem como alvo o público jovem masculino e que faturou 8,6 milhões de dólares.