Jesus nu de chocolate ataca novamente em Nova York

quarta-feira, 17 de outubro de 2007 15:40 BRST
 

Por Daniel Trotta

NOVA YORK (Reuters) - Um escultura em tamanho real de Jesus Cristo nu feita de chocolate vai ser finalmente exibida em Nova York no final de outubro, sete meses após um protesto de católicos ter forçado a galeria a cancelar a exposição.

O Jesus de chocolate vai se juntar a outras esculturas de santos completamente vestidos, mas a Liga Católica para Direitos Civis e Religiosos afirmou que não vai protestar porque, diferentemente do plano anterior, a escultura do Jesus "anatomicamente correto" não será exibida em público durante a Semana Santa.

A galeria "A Proposição" no bairro de Chelsea em Manhattan vai apresentar "Santos de Chocolate... Doce Jesus", para coincidir com o dia de Todos os Santos em 1o de novembro. A obra será exibida entre 27 de outubro e 24 de novembro.

Em março, o Jesus de chocolate do artista Cosimo Cavallaro seria exibida em uma vitrina da Galeria Laboratório Roger Smith no meio de Manhattan, permitindo que os transeuntes vissem as partes baixas de Jesus.

No entanto, protestos, incluindo um chamado para boicotar o Roger Smith Hotel, forçaram a galeria a cancelar a mostra.

"Nós ainda não aprovamos, mas as condições mudaram", disse Kiera McCaffrey, porta-voz da organização católica.

A nova exposição vai acontecer no interior de um prédio em uma vizinhança povoada por galerias de arte, disse.

Imagens no site da galeria (here) mostram o trabalho suspenso no ar, como se Jesus estive na cruz.

Um comunicado da galeria informou que Cavallaro foi coroinha quando jovem e questionou os preceitos da Igreja, mas sempre guardou afeto pela Comunhão.

"Relembrando a qualidade mística/transcendental e memórias associadas com a hóstia recebida durante a Comunhão, ele evoca comparativamente aquele ritual de êxtase a sua própria experiência com o chocolate", informa o comunicado.