ESTRÉIA-Fantasma ciumenta agita "Nem por Cima do Meu Cadáver"

quinta-feira, 18 de setembro de 2008 16:02 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - Escrita e dirigida por Jeff Lowell, a comédia "Nem por Cima do Meu Cadáver" arma suas piadas em torno de uma noiva, Karen (Eva Longoria Parker, a Gabrielle da série "Desperate Housewives"), que está firmemente decidida a não deixar o noivo, Henry (Paul Rudd, "Nunca é Tarde para Amar"), ter uma nova vida. O filme entra em circuito nacional na sexta-feira.

Supercontroladora, Karen morreu durante os preparativos do casamento. Ela implica com o anjo de gelo entregue pelo escultor (Stephen Root), porque não tinha asas. No bate-boca com o homem, ela leva a pior. Acaba atropelada e morta. Henry, bom moço, fica inconsolável.

Ele não vê nada, mas a noiva-fantasma não desgruda dele. Assim, é por pura solidão que o rapaz finalmente aceita o conselho da irmã, Chloe (Lindsay Sloane), para consultar uma sensitiva. A irmã espera que ela convença Henry de que a noiva está bem na outra vida e saia da depressão.

A sensitiva, Ashley (Lake Bell, "Jogo de Amor em Las Vegas"), é meio picareta no quesito místico, mas bem bonitinha. Como Henry acredita pelo menos naquilo que vê, fica meio caído por ela. E vice-versa.

Quando o namoro engrena, a noiva-fantasma resolve atormentar Ashley. Que, para seu azar, é mais médium do que até ela pensava e fica apavorada com as visões da morta.

A confusão aumenta quando entram no meio um padre exorcista (William Morgan Sheppard) e o sócio de Ashley num bufê, Dan (Jason Biggs, "American Pie"). Cada um deles tem sua agenda própria nas questões espirituais ou nem tanto, especialmente no caso de Dan, apaixonado por Ashley.

(Por Neusa Barbosa, do Cineweb)