Motorista de caminhão dos EUA confessa culpa por roubo de Goya

quinta-feira, 20 de dezembro de 2007 19:04 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - Um caminhoneiro de Nova Jersey assumiu na quinta-feira que roubou uma pintura do espanhol Francisco de Goya e depois tentou pedir uma recompensa de 50 mil dólares.

Steven Lee Olson, de 54 anos, assumiu a culpa diante de um tribunal federal dos Estados Unidos. Seu cúmplice, Roman Szurko, de 27 anos, funcionário de um restaurante, também assumiu a culpa pelo crime de conspiração de roubo de um objeto considerado patrimônio cultural.

Os homens arrombaram um caminhão que transportava a obra "Niños Del Carretón" (1778) de um museu em Ohio para o Guggenheim, em Nova York.

Eles entregaram a pintura mais tarde, para poder pedir a recompensa.

A pintura foi assegurada em 1 milhão de dólares, informaram os promotores no caso. Os dois podem pegar o máximo de 5 anos de prisão.

(Por Christine Kearney)