"ER" e outras séries sobre médicos geram protestos na Itália

quarta-feira, 20 de agosto de 2008 15:04 BRT
 

ROMA (Hollywood Reporter) - Seriados de TV sobre médicos ou sobre a rotina de hospitais passam muitos detalhes de maneira errada, e as principais emissoras italianas deveriam evitar transmití-los, disse um grupo médico italiano.

Annalisa Silvestro, presidente da Federação Nacional das Faculdades de Medicina, disse que entre os programas estão as séries norte-americanas "ER", "House", "Grey's Anatomy" e "Scrubs", além de algumas produções italianas que têm suas estréias marcadas para setembro no canal estatal RAI ou no Mediaset, de Silvio Berlusconi.

A Ordem dos Profissionais de Medicina de Roma concordou com a posição da federação.

"Estes programas estão ensinando aos telespectadores visões imprecisas da medicina", disse Silvestro. "Eles estão espalhando a desinformação."

Não houve comentário sobre se a RAI ou a Mediaset planejam ajustar suas programações em resposta aos protestos.

(Por Eric J. Lyman)