ESTRÉIA-"Antes de Partir" traz Jack Nicholson e Morgan Freeman

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008 12:28 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A comédia "Antes de Partir" conta com uma dupla de astros, Jack Nicholson e Morgan Freeman, e investe no humor negro para contar a história de dois sessentões que partem em viagem de aventuras depois de descobrir que têm apenas um ano de vida.

Dirigido pelo experiente Rob Reiner ("Harry e Sally", "Dizem por Aí"), o filme embarca na idéia de uma lista de desejos que os dois homens fazem juntos depois que se conhecem no hospital.

Na verdade, o encontro dos dois, que pertencem a classes sociais muito diferentes, seria pouco provável. Ele só aconteceu porque o bilionário Edward Cole (Jack Nicholson), dono de hospitais e louco por lucros, impôs um regulamento que proíbe quartos individuais. Pela regra, são no mínimo dois pacientes em cada um.

Doente, ele precisa dividir o espaço com o mecânico Carter Chambers (Morgan Freeman), dependente de planos de saúde. Mas sua doença é a mesma -- câncer -- e o prognóstico de uma sobrevida muito breve acaba por uni-los.

O plano é, então, uma longa viagem pelo mundo, em que Cole pagará todas as contas do amigo pobretão. Cole não precisa dar-se ao trabalho de avisar ninguém da família, porque sua vida amorosa resume-se a uma longa coleção de divórcios e relacionamentos-relâmpago.

O mesmo não acontece com Carter, casado há 40 anos com Virginia (Beverly Todd), pai de três filhos. Mesmo assim, ele se enche de coragem e convence a mulher, a contragosto, de que precisa aproveitar esta oportunidade.

Assim, os dois madurões põem-se a bordo do jatinho do bilionário e viajam a locais que estão sempre nos roteiros turísticos mais conhecidos do mundo -- as pirâmides do Egito, o Himalaia, o Taj Mahal, entre outros.

As aventuras passam por saltar de pára-quedas e dirigir um possante Mustang Shelby a toda velocidade.

Repetindo pela enésima vez papéis que já fizeram antes, Freeman encarna o homem sensato e de bons sentimentos, enquanto Nicholson fica com a vaga de cínico e debochado de plantão.   Continuação...