"Horton" mantém a liderança das bilheterias dos EUA

domingo, 23 de março de 2008 16:31 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - O elefante Horton manteve a coroa das bilheterias norte-americanas no domingo, mas o feriado da Páscoa não conseguiu impedir a tendência de queda nas vendas de ingressos.

"Horton e o Mundo dos Quem!", uma animação computadorizada com as vozes de Jim Carrey e Steve Carell, vendeu aproximadamente 25,1 milhões de dólares em ingressos durante os três dias que começaram na sexta-feira, afirmou o distribuidor 20th Century Fox.

Após 10 dias, o filme já arrecadou 86,5 milhões de dólares, pagando seus custos de produção. O longa é o primeiro lançamento de 2008 a se manter no topo das bilheterias por duas semanas.

"As pessoas gostaram do filme e podem levar a família toda", disse Bert Livingston, vice-presidente sênior de distribuição do estúdio da News Corp . Quatro filmes entraram para o top 10, liderados pelo filme "Meet the Browns" do diretor/roteirista Tyler Perry na segunda posição da lista com 20 milhões de dólares

O filme conta com a presença de Angela Bassett no papel de uma mãe solteira lutando para criar três crianças em Chicago. O filme de Perry é um lançamento da Lionsgate, unidade da Lions Gate Entertainment .

Na terceira posição ficou o também recém-lançado remake de terror "Shutter", com 10,7 milhões de dólares, e a comédia de Owen Wilson "Meu nome é Taylor, Drillbit Taylor" ficou no quarto lugar com 10,2 milhões de dólares. A modesta quantia vem em linha com o esperado pelas respectivas distribuidoras, Fox e Paramount Pictures.

"Under the Same Moon" ("La Misma Luna") apareceu na décima posição com 2,6 milhões de dólares contando e apenas 266 salas de cinema, um décimo da média da distribuição dos outros filmes na lista do top 10. É o melhor lançamento de um filme falado em espanhol, superando a marca da comédia norte-americana "Ladron Que Roba A Ladron".

As vendas totais caíram 16,6 por cento, para 112 milhões de dólares, segundo a Media By Numbers, que coleta os números das bilheterias. As vendas caíram em cinco das últimas seis semanas.

As vendas deste ano acumulam 1,97 bilhões de dólares, subindo 1,3 por cento. Mas o aumento dos preços dos bilhetes fizeram a diferença, já que a venda de ingressos caiu quase 2 por cento, afirmou a Media By Numbers.

(Por Dean Goodman)