Oscar de atriz coadjuvante fica com Tilda Swinton

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008 00:27 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - A britânica Tilda Swinton recebeu o Oscar de melhor atriz coadjuvante neste domingo, por seu papel de advogada corporativa no thriller "Conduta de Risco".

A atriz de 48 anos nasceu em Londres e frequentou a West Heath Girls' School junto com a princesa Diana. Ela obteve sucesso na carreira interpretando papéis pouco convencionais.

O primeiro sucesso de Swinton veio em 1992, quando aceitou fazer um homem no filme "Orlando". O estrelato em Hollywood surgiu após aparecer ao lado de Leonardo DiCaprio em "A Praia" (2000) e no filme independente "Até o Fim" (2001).

Swinton também participou em "Adaptação" e "As Crônicas de Nárnia: O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa".

O desempenho como a cruel advogada em "Conduta de Risco" também lhe rendeu uma indicação ao Globo de Ouro na categoria atriz coadjuvante.

No Oscar, ela concorreu com Cate Blanchett ("Eu Não Estou Aqui"), Ruby Dee ("O Gângster"), Saoirse Ronan ("Desejo e Reparação") e Amy Ryan ("Medo da Verdade").

A 80a cerimônia do Oscar acontece no Kodak Theatre, em Hollywood. A cerimônia é apresentada pelo comediante e humorista político Jon Stewart.

(Por Sue Zeidler)

 
<p>Tilda Swinton, de 'Conduta de Risco', recebeu o Oscar de melhor atriz coadjuvante neste domingo, na 80a edi&ccedil;&atilde;o dos pr&ecirc;mios mais importantes da ind&uacute;stria cinematogr&aacute;fica. Foto em Hollywood, 24 de fevereiro. Photo by Gary Hershorn</p>