"Counterfeiters", da Áustria, ganha Oscar de filme estrangeiro

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008 01:16 BRT
 

HOLLYWOOD/SÃO PAULO (Reuters) - "The Counterfeiters", drama austríaco sobre o Holocausto, recebeu o Oscar de melhor filme de língua estrangeira.

O longa, dirigido por Stefan Ruzowitzky, é o primeiro da Áustria a ganhar nesta categoria e o segundo a ter uma indicação da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos.

Os outros filmes que competiam eram "Beaufort" (Israel), "12" (Rússia), "Katyn" (Polônia) e "Mongol" (Cazaquistão).

"The Counterfeiters" trata de temas que já se saíram bem na história do Oscar: a 2a Guerra Mundial e o Holocausto.

O filme mostra campos de concentração de uma perspectiva diferente, baseado em relatos verídicos. Um falsificador e outros prisioneiros são obrigados a trabalhar para os nazistas, fabricando notas de dinheiro falsas.

Os alemães querem usar o dinheiro falso para prejudicar as economias dos Estados Unidos e Grã-Bretanha, mas os prisioneiros tentam frustrar o plano.

A 80a cerimônia do Oscar acontece no Kodak Theatre, em Hollywood. A cerimônia é apresentada pelo comediante e humorista político Jon Stewart.