Amigo e ex-assistente dos Beatles morre em Nova York

segunda-feira, 24 de março de 2008 16:25 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - Neil Aspinall, um amigo íntimo dos Beatles, morreu em Nova York em decorrência de câncer nos pulmões, segundo os antigos membros da banda. Ele tinha 66 anos.

Colega de escola de Paul McCartney e George Harrison em Liverpool, Aspinall se tornou organizador de turnês e assistente pessoal dos Beatles, uma das bandas mais bem-sucedidas da década de 1960. Aspinall faleceu após ser atendido no Hospital Sloan-Kettering em Manhattan.

"Todos os seus amigos e pessoas amadas irão sentir muito a sua falta, mas guardarão para sempre as mais carinhosas lembranças de um grande homem", disseram Paul McCartney, Ringo Starr, e as viúvas de John Lennon e George Harrison em um comunicado liberado pela família de Aspinall.

Aspinall adoeceu de câncer nos pulmões há dois meses e, segundo a imprensa britânica, McCartney teria ido a Nova York para visitá-lo quando estava para morrer. Ele morreu na noite de domingo no hospital, segundo um porta-voz da família.

Neil Aspinall deixa a mulher Suzy e cinco filhos.

"Eu conhecia Neil há muitos anos e ele era um bom amigo. Fomos abençoados de tê-lo em nossas vidas e sentiremos sua falta", disse Ringo Starr em um outro comunicado.

No ano passado, Aspinall se aposentou do cargo de diretor da Apple Corps Ltd., dirigida por ele desde 1968, quando foi formada para cuidar de assuntos financeiros e comerciais dos Beatles.

(Reportagem de Christine Kearney)