ENTREVISTA-Hollywood busca mais e mais o talento latino

terça-feira, 24 de junho de 2008 12:56 BRT
 

Por Adriana Garcia

WASHINGTON (Reuters) - A indústria cinematográfica de Hollywood está cada vez mais interessada em astros e estrelas da América Latina para povoar suas telas, de olho nos talentos criativos da região e também no crescente mercado consumidor hispânico nos Estados Unidos.

Os latinos são o grupo étnico que está crescendo mais rapidamente nos EUA. Eles são 46 milhões de pessoas, formam cerca de 15 por cento da população e representam 20 por cento do público que frequenta cinemas no país, disse uma influente executiva da indústria em Los Angeles.

"O público existe e está interessado em ver rostos latinos nos filmes", disse à Reuters Christy Haubegger, especialista em marketing multicultural da Creative Artists Agency (CAA), uma das agências de atores mais respeitada do país, tendo em seu portfólio nomes como Salma Hayek, Eva Longoria, Penelope Cruz e Antonio Banderas.

A popularidade do talento latino e latino-americano, quer seja em termos de novos diretores, atores, roteiristas ou outros profissionais da indústria, se deve a uma série de razões, disse ela.

A primeira é que existe uma indústria em formação na região, embora menos desenvolvida e com menos recursos que a norte-americana. Isso obriga os profissionais a explorar mais sua criatividade e menos os efeitos especiais, segundo Haubegger.

"Quando há menos recursos, o foco se volta a quem conta a história", disse ela.

Enquanto Hollywood vem focando nas grandes produções, a demanda por boas histórias centradas em personagens continua a existir. E é ai que os filmes latino-americanos e seus artistas encontram espaço.

NOVOS PAPÉIS   Continuação...